Participação para validar referendo do Sudão do Sul foi alcançada

CARTUM - A participação mínima de 60% dos eleitores, exigida para que o referendo de independência do Sudão do Sul fosse validado, foi alcançada e ultrapassada, a três dias do fim da votação, anunciou à AFP nesta quinta-feira Souad Ibrahim, porta-voz da Comissão Eleitoral. A participação "chegou a 60% e até mais", afirmou Ibrahim.

Mais cedo, o ex-presidente americano Jimmy Carter, que coordena uma missão de observadores internacionais para o referendo, havia afirmado em Juba que o mínimo necessário de participação havia sido alcançado.