Terceira maior cidade da Austrália tem 20 mil casas ameaçadas pelas águas

BRISBANE - Brisbane, terceira cidade da Austrália, tem nesta quarta-feira quase 20 mil residências ameaçadas pelas águas, em meio à pior inundação no nordeste do país nos últimos 100 anos. Enquanto a imprensa fala em mais de 25 mortos, o prefeito de Brisbane, Campbell Newman, informa que há 19.700 residências sob risco de inundação.

Milhares de pessoas já abandonaram suas residências no centro da cidade e estão refugiadas em casas de amigos ou familiares.

"Nos preparamos para uma inundação que só acontece a cada século", disse Anna Bligh, primeira-ministra do Estado de Queensland, o principal atingido pelas inundações. "Estamos prevendo que enormes volumes de água transbordarão os rios e inundarão milhares de casas".

A primeira-ministra australiana, Julia Gillard, pediu que os habitantes de Brisbane socorram os mais necessitados. "Se há alguém na rua que precisa de ajuda (...) veja o que pode fazer e assegure que está tudo bem".

Oficialmente, a inundação já deixou dez mortos, mas a polícia tem "grande preocupação" com 15 pessoas desaparecidas em localidades devastadas pelas águas. Segundo Anna Bligh, o número de vítimas deve se agravar muito, "pois há 90 desaparecidos".