EUA: Obama pronuncia discurso sobre o Estado da União no dia 25 de janeiro

 

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi convidado pelo líder da maioria republicana na Câmara de Representantes, John Boehner, a pronunciar na terça-feira, 25 de janeiro, seu discurso anual sobre "o Estado da União", destinado a anunciar a agenda do governo para 2011.

"No momento no qual desafios importantes esperam nosso país, saudamos a oportunidade de ouvir suas propostas", escreveu Boehner, uma das vozes mais críticas ao presidente americano, em carta aberta a Obama.

O discurso sobre o Estado da União acontecerá ante um Congresso renovado, no qual os republicanos retomaram o controle da Câmara, após a vitória nas eleições de metade de mandato, no dia 2 de novembro passado, que reduziu, igualmente, o número de cadeiras da maioria democrata no Senado.

Acontecerá duas semanas após a tentativa de assassinato visando a representante democrata Gabrielle Giffords, no dia 8 de janeiro, durante reunião com sua equipe, no Arizona (sudoeste).

"Os acontecimentos recentes nos fazem lembrar a natureza imperfeita de nossa democracia representativa, mas também não nos deixam esquecer como é importante o ideal de que o governo existe para servir ao povo", escreveu Boehner. "Mesmo após a tragédia, não devemos jamais renunciar à obrigação de realizar sua vontade e de propor soluções para que nosso país continue a avançar", escreveu ainda.

Segundo Boehner, o novo Congresso "fornece uma nova ocasião de encontrar um terreno de entendimento para responder às prioridades do povo americano".