Turquia julga 196 militares por tentativa de golpe de Estado

SILIVRI, Turquia - O julgamento de 196 militares turcos acusados pelo planejamento de um golpe de Estado para derrubar o governo islamita moderado teve início nesta quinta-feira em Silivri, perto de Istambul.

Um juiz começou a verificar a identidade dos 196 acusados, incluindo os ex-comandantes da Força Aérea e da Marinha, que podem ser condenados a até 20 anos de prisão.

Esta é a primeira vez na história da Turquia que as Forças Armadas, guardiãs do laicismo e hostis ao Partido da Justiça e Desenvolvimento do primeiro-ministro islâmico Recep Tayyip Erdogan, são levadas a um julgamento destas características.