Oitenta suspeitos de preparar atentados são presos no Iraque

KARBALA, Iraque - As forças iraquianas anunciaram a prisão de 80 pessoas vinculadas à Al-Qaeda e suspeitas de terem preparado atentados na cidade santa xiita de Kerbala, sul de Bagdá, por ocasião das cerimônias da Ashura.

O chefe militar das cinco províncias do Iraque, incluindo Kerbala, Osman al Ghanimi, afirmou que as forças atuaram contra 14 células e prenderam 80 pessoas que planejavam ataques contra os peregrinos nesta sexta-feira, ponto culminante das cerimônias.

Segundo ele, os suspeitos pertencem aos "Meninos do paraíso", adolescentes sunitas formados pela Al-Qaeda para cometer atentados.

Um forte dispositivo de segurança vigia os dois mausoléus de Kerbala por causa da grande procissão de sexta-feira em que os xiitas se flagelam em sinal de arrependimento por não terem ajudado o imã Hussein, neto de Maomé e filho de Ali, assassinado em 680.