Políca russa se mobiliza em Moscou contra confrontos étnicos

A polícia russa mobilizou 3 mil homens nesta quarta-feira em Moscou e realizou 700 prisões para tentar prevenir confrontos entre jovens nacionalistas e caucasianos, que estão em conflito após os graves enfrentamentos do final de semana junto ao Kremlin.

"Cerca de 3 mil policiais estão posicionados na cidade para garantir a manutenção da ordem", declarou o porta-voz da polícia de Moscou, Viktor Birioukov, enfatizando que a situação "estava sob controle".

Ele precisou que um terço dos policiais estariam concentrados no bairro da estação de trem Kievsky, no centro da cidade, já que sites de internet transmitiam desde o início da semana convocações de pessoas originárias do Cáucaso, região majoritariamente muçulmana do sul da Rússia, a se reunir neste local na tarde desta quarta-feira.