Coreia do Sul fará novas manobras militares aéreas esta semana

SEUL - A Coreia do Sul, que no domingo anunciou novas manobras militares com munição de verdade para esta semana, também realizará exercícios de defesa aérea simulando um ataque norte-coreano, indicou o governo nesta segunda-feira.

O exercício aéreo acontecerá na quarta-feira, a partir das 14h (3h de Brasília). Pelo menos 10 aviões de caça participarão das manobras, segundo a agência de gestão de situações de emergência.

"Quando as sirenes de alerta soarem, os habitantes serão convocados para os 25.000 abrigos públicos e outras instalações subterrâneas", declarou Yoo Byung-Koo, funcionário da agência.

A Coreia do Sul, que tecnicamente ainda está em guerra com o Norte devido à ausência de um tratado de paz depois do armistício que pôs fim à guerra da Coreia (1950-53), organiza três vezes por ano este tipo de exercício aéreo, que de maneira geral é ignorado pelo público.

No entanto, "ao contrário de outras ocasiões, o exercício de quarta-feira terá como prioridade treinar a retirada dos habitantes para os abrigos de emergência", explicou Yoo.

As manobras ocorrerão menos de um mês depois do bombardeio de uma ilha sul-coreana pelo Norte, em 23 de novembro, que matou quatro pessoas e feriu 18.