Milhares de pessoas protestam contra Berlusconi em Roma

ROMA - Dezenas de milhares de pessoas participaram neste sábado, em Roma, de um protesto contra o chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, que enfrentará uma moção de censura na próxima terça-feira. Convocado pelo Partido Democrata (PD), o principal da oposição, o protesto teve como lema "com a Itália que quer mudar".

Passeatas saíram da Praça da República, na área da estação ferroviária central de Termini, e da estação de trens de Ostia.

Os dois grupos seguiram para a Praça São João de Latrão, no nordeste de Roma, tradicional local de grandes manifestações.

Na Praça da República, uma gigantesca bandeira vermelha pedia "Outra Itália", enquanto um grupo de prefeitos da Toscana se fantasiava de Harry Potter para dizer que não podem fazer mágica na administração de seus municípios.

Neste domingo, o partido do Povo da Liberdade (PDL), de Silvio Berlusconi, prevê realizar manifestações em várias cidades italianas para apoiar seu líder.

Berlusconi, com o apoio da Liga do Norte, tem uma maioria folgada no Senado, mas está ameaçado na Câmara dos Deputados após a ruptura com seu antigo aliado Gianfranco Fini, que se uniu a dissidentes do PDL.