Onze integrantes de cartel mexicano morrem em confronto com militares

MÉXICO - Onze integrantes do cartel das drogas "Los Zetas" morreram em um confronto com militares mexicanos, na quarta-feira, na região norte do México, informou a secretaria de Defesa em um comunicado.
O confronto aconteceu quando uma patrulha militar seguia para uma área do município Nueva Ciudad Guerrero, no estado de Tamaulipas, onde denunciantes anônimos informaram sobre a presença de homens armados.

Os militares foram recebidos a tiros e o enfrentamento teve início, segundo o comunicado da secretaria de Defesa. A nota confirma a morte de 11 criminosos e a detenção de outros dois, que afirmaram pertencer ao cartel "Los Zetas". A polícia também apreendeu diversas armas e grande quantidade de munição.

Os Zetas, um dos sete grandes cartéis mexicanos, formado nos anos 90 por militares de elite desertores, são considerados os autores do massacre de 72 imigrantes ilegais no fim de agosto em Tamaulipas.

O estado é um dos mais afetados pela violência do narcotráfico no México, que provocou mais de 28 mil mortes nos últimos quatro anos no país.