Gêmeas australianas fazem pacto de suicídio nos EUA

DENVER - Gêmeas australianas atiraram contra as próprias cabeças em um estande de tiro de um clube americano, em um pacto de suicídio, informou a polícia local, depois de ter interrogado uma das mulheres, que sobreviveu ao tiro.

As duas mulheres, de 29 anos, caíram ao mesmo tempo. O ato aconteceu na segunda-feira passada em um clube de tiro da região de Denver (Colorado). As gêmeas usaram armas de pequeno calibre, aparentemente .22. Ambas foram atingidas na cabeça, mas uma delas sobreviveu e foi levada para um hospital.

Os investigadores interrogaram a irmã sobrevivente, que confirmou que as duas concordaram em cometer suicídio e atiraram ao mesmo tempo, segundo a polícia do condado de Arapahoe. As gêmeas desembarcaram no Colorado há cinco semanas.

Os motivos do pacto suicida não foram determinados, mesmo após o interrogatório da sobrevivente, que se recusou a responder a esta pergunta.