Brasileira pode criar vestido de noiva de Kate Middleton

A estilista brasileira Daniell Helayel está sendo cotada para confeccionar o vestido da futura princesa da Grã Bretanha,  Kate Middleton, que recentemente se tornou noiva do príncipe William. O traje em questão será usado no casamento dos dois em 2011 na capital da Inglaterra, Londres.

Os rumores sobre a escolha aumentaram logo após Kate usar um vestido azul feito pela brasileira na cerimônia que marcou o anúncio oficial do noivado.

Considerada também pela imprensa britânica como a "estilista preferida" da noiva do segundo na linha de sucessão à Coroa britânica, a fundadora da marca Issa London lidera também as apostas para receber a encomenda do traje que, sem nenhuma dúvida, ficará para a posteridade.

"Daniella Issa Helayel superou agora as britânicas Amanda Wakeley e Vivienne Westwood como a favorita para criar o vestido de Kate", afirmou nesta quinta-feira a casa Paddy Power.

Todas as apostas também inclinam-se pela brasileira de cerca de 30 anos radicada há dez anos no Reino Unido na Ladbrokes (3/1), onde supera outros dois talentos locais, Stella McCartney e Julian McDonalds.

O gatilho foi o elegante vestido de jersey de seda azul brilhante drapeado na cintura, combinando com a enorme safira do anel que pertenceu a Diana, mãe de William, com o qual Kate Middleton posou pela primeira vez na terça-feira para os fotógrafos como noiva do príncipe.

Em menos de 24 horas, o modelo de manga comprida com gola em v, que tem um preço de 399 libras (640 dólares, 470 euros), ficou esgotou na luxuosa loja de departamentos Harvey Nichols e na exclusiva boutique de Londres Matches, segundo o jornal The Times desta quinta-feira.

Há anos, a jovem considerada como a "embaixadora extraoficial" de Issa London veste com frequência as criações da brasileira, como o vestido, igualmente curto e de cor azul real, que escolheu no mês passado para o casamento de amigos.

"Daniela sente-se muito lisonjeada que Kate goste de suas criações", declarou uma porta-voz da estilista, sem querer se pronunciar sobre as especulações do que deveria ser o segredo mais bem guardado do casamento, previsto para a primavera ou verão (boreal) de 2011.

Alguns meios de comunicação atribuem, apoiando-se em fotos, a transformação nos últimos tempos de Kate Middleton à sua associação com a estilista brasileira, que vestiu também outras famosas, como Naomi Campbell, Madonna, Scarlett Johansson e Sharon Stone.

A brasileira, que disse ter começado a desenhar movida pela impossibilidade de encontrar um vestido que quisesse comprar, criou sua própria marca em 2011 e, segundo a imprensa, desenhou vestidos de noiva por encomenda.

Para Daniella Helayel, que apresenta com sucesso há várias temporadas suas coleções na Semana de Moda de Londres, confeccionar o vestido de quem pode um dia se tornar rainha traria a consagração definitiva.

Entretanto, poderia encontrar no caminho um obstáculo de peso, sua nacionalidade, já que apesar de residir há uma década na Grã-Bretanha, não é súdita de Sua Majestade.

"Toda a minha equipe é britânica e minha companhia é britânica", defendeu-se Helayel ao jornal The Times. "Espero obter meu passaporte britânico logo".

Se Kate Middleton finalmente a escolher, a estilista tornaria em realidade o sonho que confessou há alguns meses aos organizadores da Semana de moda: vestir um dia a "rainha da Inglaterra".

"Não é apenas um ícone de estilo, mas sim um ícone em todos os sentidos da palavra", enfatizou.