Traficante russo que inspirou 'Senhor das armas' é extraditado para os EUA

'Mercador da morte' pode ser condenado à prisão perpétua

MOSCOU - O traficante de armas russo Viktor Bout, conhecido como "mercador da morte", e que inspirou o filme 'Senhor das Armas', foi extraditado para os Estados Unidos, informou à AFP a polícia de Bangcoc. "Bout deixou o território tailandês às 13h27 (4h27 de Brasília), pelo aeroporto Don Muang", afirmou o coronel Supisarn Bhakdinarunart.

"Eu mesmo o embarquei em um avião americano que tinha seis oficiais para escoltá-lo", completou o chefe de polícia.

O advogado de Bout, Viktor Burobin, afirmou em Moscou que a decisão de extraditar seu cliente é "ilegal". "É uma decisão ilegal porque os tribunais tailandeses não examinaram o segundo pedido de extradição americano", declarou Burobin à agência russa Interfax.

Bout, ex-piloto do Exército soviético, foi detido em Bangcoc em março de 2008 depois de um encontro com agentes americanos que se fizeram passar por integrantes da guerrilha colombiana das Farc.

Ele é acusado de ter utilizado aviões de carga para transportar armas à África, América do Sul e Oriente Médio, mas Bout afirma que administrava uma atividade de frete legal. Nos Estados Unidos o russo pode ser condenado à prisão perpétua.