Polícia italiana apreende uma tonelada de cocaína em contêiner proveniente do Brasil

Foi a maior apreensão dos últimos 15 anos na Itália

ROMA - Um carregamento de uma tonelada de cocaína pura, avaliado em mais de 200 milhões de euros, foi apreendido num contêiner no porto de Gioia Tauro (Calábria, sul da Italia) proveniente do Brasil, anunciaram as autoridades em comunicado.

"Trata-se da maior apreensão feita nos últimos 15 anos na Itália", segundo o texto.

A droga, escondida em equipamentos de uso agrícola, em um navio brasileiro, era destinada aos mercados italiano, do centro e do norte da Europa.

A apreensão foi feita por carabineiros do núcleo investigador de Roma. "Começamos a suspeitar quando descobrimos que alguns tripulantes brasileiros não estavam com os documentos em ordem", declarou o comandante dos carabineiros, Salvatore Cagnazzo, responsável pela investigação.

"Nossa ação contou com o apoio da SOCA", a Serious Organised Crime Agency (a Agência de luta contra o crime organizado) britânica, acrescentou Cagnazzo. "Quando passamos o scanner, descobrimos a droga em tubos metálicos", precisou.

"Estamos diante de um novo fluxo no mercado da droga, um novo caminho na administração de narcóticos", declarou à imprensa o magistrado Giancarlo Capaldo, da direção antimáfia de Roma.

"Até o momento, o tráfico da droga com destino ao norte da Europa passava pelos portos holandeses, mas desta vez, os traficantes se serviram de um porto na Calábria", acrescentou o juiz.