Aung San Suu Kyi convidada a discursar em Oslo por Nobel da Paz

OSLO - O comitê do Nobel da Paz convidou neste sábado Aung Saan Suu Kyi a visitar Oslo, onde não pode comparecer em 1991 para receber o prêmio Nobel da Paz, informou a agência norueguesa NTB.

O presidente do comitê do Nobel da Paz, Thorbjoern Jagland, deseja que a militante birmanesa possa viajar a Oslo o mais breve possível para fazer o tradicional discurso dos premiados, que não pôde realizar em 1991, por estar detida pelo regime militar de Mianmar.

Jagland pediu à Junta Militar birmanesa que autorize Aung San Suu Kyi, libertada neste sábado da prisão domiciliar, a abandonar o país e a retornar quando desejar.

O presidente estimou que a libertação de Aung Saan Suu Kyi é uma mensagem de alento a todos os presos políticos, incluindo o prêmio Nobel da Paz de 2010, o dissidente chinês Liu Xiaobo.