EUA consideram acordo político no Iraque um grande passo

WASHINGTON - O governo dos Estados Unidos qualificou de "grande passo adiante" o acordo alcançado no Iraque para a divisão do poder entre as distintas alas políticas após oito meses de crise. "O aparente acordo para formação de um governo de inclusão significa um grande passo adiante para o Iraque", disse Anthony Blinken, assessor de segurança nacional do vice-presidente Joe Biden.

"Dissemos que o melhor resultado seria um governo que refletisse os resultados das eleições e composto pelos polos mais importantes dos grupos étnicos e religiosos iraquianos e que não exclua ou mantenha à margem ninguém", completou Blinken.

O acordo divide os principais cargos do país entre as distintas etnias e religiões. O presidente da República será curdo; o primeiro-ministro, xiita; e o presidente do Parlamento, sunita.

O novo governo iraquiano será o terceiro desde a instauração de eleições multipartidárias após a queda de Saddam Hussein em 2003.