Bombardeio mata 15 rebeldes no Paquistão

ISLAMABAD - Pelo menos 15 supostos militantes integralistas foram mortos na província tribal de Orakzai após bombardeios das forças aéreas paquistanesas, informou a imprensa.

De acordo com fontes militares citadas pelo site do jornal Dawn, o ataque foi realizado contra três esconderijos dos rebeldes na terra.

Na campanha militar de Islamabad, em curso na região norte ocidental, já foram mortos cerca de 600 militantes e 18 soldados.

Também foi anunciado hoje que ataques terroristas a residências de cristãos em Bagdá, no Iraque, nas últimas 24 horas, deixaram "seis mortos e 33 feridos", segundo uma fonte do Ministério de Defesa local.