"Kirchner tirou Argentina do buraco", diz Lula antes de embarcar

Rio  - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira antes do embarque para Buenos Aires da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. Lula deve chegar no início da noite à capital argentina para acompanhar o velório do ex-presidente Néstor Kirchner.

Durante a entrevista, o mandatário brasileiro elogiou o trabalho do amigo Kirchner como chefe de Estado. "É um companheiro que tenho um enorme respeito. Conseguiu tirar a Argentina do buraco econômico em que ela estava", afirmou.

Lula cancelou uma viagem ao Recife para embarcar rumo à Argentina para prestar sua homenagem ao marido da presidente Cristina Kirchner. O velório ocorre até a próxima sexta-feira e é aberto ao público.

O corpo do ex-presidente chegou na manhã desta quinta-feira à Buenos Aires. O caixão chegou em um avião no aeroporto Jorge Newbery, após duas horas e meia de voo desde El Calafate.

Trajetória

Nascido em 25 de fevereiro de 1950 em Rio Gallegos, na província de Santa Cruz, Patagônia, Néstor Carlos Kirchner teve uma vida dedicada à política. Participou desde cedo de movimentos, fazendo oposição ao governo militar como parte da Juventude Peronista. Chegou à Presidência da Argentina em 2003, fazendo sua mulher como sucessora em 2007.

Considerado um homem público com um caráter implacável frente a seus adversários, Kirhcner foi um dos políticos mais influentes do país e um potencial candidato para as eleições de outubro do ano que vem.