Cristina Kirchner chega de helicóptero à Casa Rosada

     BUENOS AIRES - A presidente argentina, Cristina Kirchner, chegou por volta das 11h (12h de Brasília) à Casa Rosada para o velório de seu marido, o ex-presidente Néstor Kirchner. Cristina chegou em um helicóptero na companhia dos filhos.

O corpo de Kirchner é velado no Salão dos Patriotas Latino-Americanos, em meio a retratos de figuras históricas do continente como Getúlio Vargas, Juan Perón, Salvador Allende e Ernesto "Che" Guevara.

Quando Cristina chegou, já estavam no salão a irmã do ex-presidente, Alicia Kirchner, atual ministra do Desenvolvimento Social, e o chefe de Gabinete Aníbal Fernández. Também estão presentes os presidentes Evo Morales, da Bolívia, e Rafael Correa, do Equador.

Néstor Kirchner, que morreu na quarta-feira aos 60 anos após uma parada cardiorrespiratória, será enterrado em sua província natal de Santa Cruz, no sul do país.

Na fila formada em torno da residência oficial para as despedida do ex-presidente, os primeiros eram Graciela Benitez, Dimikroff, Calderón, Rosa Russo e González. Eles aguardavam em frente às grades do prédio antes da abertura dos portões, que ocorreu às 10h locais.