Senado francês confirma voto a favor da reforma previdenciária

 

O Senado francês confirmou o voto a favor da polêmica reforma do sistema previdenciário, às vésperas da votação solene da Assembleia Nacional, que deve marcar a adoção definitiva do projeto pelo Parlamento francês.

No total foram 177 votos a favor e 151 contra a medida.

As duas câmaras do Parlamento francês já haviam aprovado uma primeira instância a proposta do presidente francês Nicolas Sarkozy. A segunda votação deve abrir caminho para a promulgação da lei, prevista para meados de novembro, aumentando a idade mínima de aposentadoria de 60 para 62 anos.

A promulgação do texto pelo presidente francês marcará o início de sua implementação.

Polêmica

A reforma é muito contestada há meses pela oposição francesa e pelos sindicatos que organizaram várias greves e manifestações neste ano.

Nessas últimas duas semanas, greves no setor de energia provocaram escassez de combustíveis e o país beirou a paralisia. No entanto, o movimento mostrou nesta terça-feira sinais de enfraquecimento.