Mais de 50 pessoas morrem no Haiti por causa da má qualidade da água

    PORTO PRÍNCIPE - Mais de 50 pessoas morreram nos últimos dias no Haiti por causa de diarreia e vômitos, provocados pela  má qualidade da água, informaram nesta quinta-feira as autoridades sanitárias do país. Segundo as fontes, foram registrados 52 mortos ao longo do rio Artibonite, que cruza o centro e o norte do país. Trata-se de uma epidemia causada pela água usada nos lares nestas regiões.

O Haiti ainda luta contra as dificuldades para reconstruir o país depois do devastador terremoto que destruiu a capital, Porto Príncipe, em janeiro, e deixou 250 mil mortos e 1,2 milhão de desabrigados.