Comissão Eleitoral invalida 1,3 milhão de votos no Afeganistão

     CABUL - A Comissão Eleitoral do Afeganistão invalidou 1,3 milhão de votos, o que representa mais de 20% do total, das eleições legislativas de 18 de setembro, marcadas por muitas denúncias de fraudes e irregularidades. "Um total de 1,3 milhão de cédulas foram invalidadas. Tivemos mais de 5,6 milhões de votos", anunciou Fazil Ahmad Manawi, presidente da Comissão Eleitoral Independente. Este é o primeiro resultado oficial preliminar revelado pela comissão.

"O total é de 5,6 milhões, os votos válidos são 4.265.347 e os inválidos por volta de 1,3 milhão", disse Ahmad Manawi. O número de 1,3 milhão representa mais de 20% dos votos dos 5,6 milhões de votos depositados nas urnas nas eleições, que escolheram os 249 deputados da Assembleia Nacional afegã.

Os resultados definitivos das eleições, marcadas por irregularidades e fraudes, assim como por quase 400 ataques de insurgentes, serão revelados no dia 30 de outubro.