China envia navios para ilhas disputadas pelo Japão

     TÓQUIO - A China voltou a mandar barcos de patrulha às imediações do arquipélago disputado por Tóquio e Pequim, após a crise diplomática entre os dois países devido à apreensão de um pesqueiro chinês na área, informou nesta quarta-feira a imprensa japonesa. Estas ilhas desabitadas, conhecidas como Senkaku no Japão e Diaoyu na China, são administradas por Tóquio, mas China e Taiwan também reivindicam soberania sobre o território.

No começo de setembro, a apreensão do barco chinês pela Guarda Costeira japonesa perto do arquipélago, no Mar da China Oriental, desencadeou um grave atrito diplomático entre os dois países.

Nesta quarta-feira, a agência de notícias japonesa Jiji informou que a China enviou uma patrulha para a região com a missão de "proteger os direitos legítimos dos pescadores chineses".