Polícia dos EUA investiga disparos perto do Pentágono

 

A polícia está investigando os disparos de arma de fogo registrados perto do Pentágono por volta das 04H55 (05H55 de Brasília) desta terça-feira perto do estacionamento sul do prédio, segundo Chris Layman, porta-voz do serviço de proteção do Pentágono.

A zona foi isolada, assim como os pontos de acesso ao Pentágono, enquanto a área era rastreada por cães policiais.

"Nada foi encontrado", afirmou Layman. "As investigações continuam". Segundo o porta-voz as entradas do Pentágono foram reabertas e o trabalho voltou à normalidade.

"As primeiras informações falam de danos no edifício, mas os tiros não chegaram a varar o prédio", informou outro funcionário do Pentágono, Dave Lapan.

A polícia concentrava suas investigações num suspeito que pode ter fugido pela rodovia I395 próxima ao Pentágono.

O departamento de Defesa reforçou a segurança de seus arredores depois que um homem abriu fogo do lado de fora do prédio em março deste ano, ferindo dois agentes de segurança antes de ser abatido pela polícia.

O homem, um californiano de 36 anos, não tinham vínculos com o terrorismo.