Equipes encontram os corpos dos 37 mineiros soterrados na China

       PEQUIM - A agência oficial de notícias da China, a Xinhua, informou nesta terça-feira que todos os 37 homens soterrados em uma mina de carvão na província de Henan foram encontrados mortos. O anúncio ocorre quase uma semana após o resgate de 33 chilenos que permaneceram 70 dias soterrados na Mina San José. O presidente do Chile, Sebastián Piñera, ofereceu ajuda ao governo chinês, durante uma visita à Inglaterra.

O vazamento de gás metano na mina chinesa aconteceu no último sábado (16). Ao todo, 276 mineiros trabalhavam no local do acidente – 239 deles conseguiram escapar, 21 foram encontrados mortos no mesmo dia e 16 estavam desaparecidos.

Equipes de resgate já haviam adiantado que as chances de encontrar algum sobrevivente eram poucas. Os últimos cinco corpos foram localizados na manhã de hoje. Uma investigação inicial indica que 173,5 metros cúbicos de gás vazaram no local. Em agosto de 2008, a mesma mina registro um vazamento de gás que resultou na morte de 23 homens por asfixia.