Quatro soldados italianos morrem no Afeganistão

     CABUL - Quatro soldados italianos morreram neste sábado no Afeganistão, informou o ministério da Defesa da Itália, elevando para 34 o número de militares desta nacionalidade mortos no conflito. O porta-voz do ministério não soube indicar as circunstâncias das mortes, nem confirmar o falecimento de um quinto soldado, que ficou ferido no incidente.

A imprensa italiana fala em quatro mortos e um ferido em estado grave, vítimas de uma emboscada no vale do Gulistão, na província de Farah. Os soldados, que voltavam de uma missão, teriam sido atingidos por disparos ou pela explosão de uma bomba.

A Itália mantém atualmente 3.400 militares no Afeganistão, e planeja aumentar seu contingente para 4.000 homens dentro de um ano.