Obama saúda o Nobel da Paz para Liu Xiaobo e pede para a China libertá-lo

     WASHINGTON -  O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, saudou nesta sexta-feira o Prêmio Nobel da Paz concedido ao dissidente chinês Liu Xiaobo. Além disso, ele pediu ao governo chinês para libertar o ativista.