Senado espanhol rejeita moção para proteger as touradas

      MADRI - O Senado da Espanha rejeitou uma moção apresentada pelo Partido Popular (PP), principal partido de oposição, para proteger as touradas no país, após a proibição regional aprovada na Catalunha.

A moção apresentada pelo porta-voz do PP no Senado, Pio García-Escudero, pretendia transformar as touradas em um "bem de interesse cultural com caráter etnográfico".

Também pretendia iniciar as gestões para tentar incluir as touradas na lista do "patrimônio cultural internacional" da Unesco. Mas o texto foi rejeitado por 129 votos contrários e 117 favoráveis. Os senadores socialistas, ligados ao chefe de Governo José Luis Rodríguez Zapatero, foram fundamentais para a rejeição do texto.