Ataques aéreos israelenses em Gaza deixam oito palestinos feridos

Oito palestinos, entre eles uma criança, ficaram feridos ao serem atingidos por ataques aéreos israelenses contra a Faixa de Gaza, informaram os serviços de segurança do Hamas, que controla esse território, assim como fontes médicas palestinas.

Quatro pessoas, entre elas um menino de sete anos, ficaram feridas durante o ataque a um veículo no centro da Faixa de Gaza, indicou à AFP Adham Abu Selmiya, porta-voz dos serviços de saúde de Gaza.

O objetivo deste último ataque, que não foi confirmado pelo Exército israelense, não foi revelado até o momento.

A aviação israelense lançou na noite de quarta-feira três ataques que deixaram quatro palestinos feridos.

Um porta-voz militar israelense confirmou esse ataque, indicando que o alvo era um membro do grupo armado palestino "As águias da Palestina", Ahmed Ashkar, que, segundo o Exército, preparava "ataques terroristas em Israel".

Em um comunicado, o Exército israelense indicou que havia atacado "dois alvos terroristas" em represália contra um disparo de foguete proveniente da Faixa de Gaza.

O foguete caiu em um terreno baldio no sul de Israel sem deixar vítimas.