Lugo deve sair da UTI ainda hoje e volta quarta para o Paraguai

      SÃO PAULO - O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, terá alta ainda nesta segunda-feira da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e será transferido para um apartamento. Lugo será mantido sob observação médica até quarta-feira quando deve deixar o hospital rumo a Assunção, capital paraguaia. As informações são da Presidência da República do Paraguai.

De acordo com a assessoria de Lugo, o presidente fez um exame de resolução completa para verificar um trombo em uma das veias. Segundo os médicos, Lugo começou hoje o tratamento de anticoagulação. Na primeira fase, o tratamento é feito no hospital, mas depois pode ter continuidade em casa.

Na semana passada Lugo foi internado em um hospital, em Assunção, para um tratamento de um quadro infeccioso. Como o presidente não apresentava melhoras, ele decidiu viajar no sábado para São Paulo onde começou, no Hospital Sírio-Libanês, as sessões de quimioterapia para a cura de um câncer linfático.

Há 11 dias, Lugo se internou no Hospital Sírio-Libanês e se submeteu à terceira sessão de quimioterapia. Também fez uma série de exames para verificar o estado geral de saúde. O boletim médico, divulgado pelo hospital no último dia 24, informou que Lugo reagiu bem ao tratamento. A previsão é que ele se submeta a mais três sessões de quimioterapia.