Hillary Clinton conversou com Netanayahu para tentar salvar processo de paz

A secretária de Estado americana Hillary Clinton conversou no final de semana com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu para tentar salvar o novo diálogo de paz entre israelenses e palestinos, confirmou seu porta-voz nesta segunda-feira.

"Só posso dizer que foram discutidas ideias mais à frente. Além disso, não vou dar maiores detalhes", disse Crowley sobre a conversa que Hillary teve com o primeiro-ministro israelense no domingo.

"Foi uma conversa construtiva", disse aos jornalistas.

Crowley disse que o emissário americano para o Oriente Médio, George Mitchell, tinha voltado a Washington após sua intensa viagem por Israel, Cisjordânia, Qatar, Egito e Jordânia.

As negociações bilaterais apoiadas pelos Estados Unidos começaram em Washington, no dia 2 de setembro, mas estiveram em perigo desde que Israel se negou a estender a moratória de dez meses para novos assentamentos na Cisjordânia, que terminou na semana passada.

"Reconhecemos que é complicado, que estamos diante de um obstáculo", disse.

"Sabemos que haverá outros a medida que avançarmos, mas... manteremos nosso diálogo intenso... com ambas as partes nos próximos dias", disse.