Cinco soldados da Otan morrem no Afeganistão

Cinco soldados das forças internacionais morreram nesta segunda-feira no Afeganistão, e os insurgentes feriram o vice-pefeito de Kandahar, reduto dos talibãs e mataram um dirigente local, anunciaram a Otan e as autoridades locais.

Quatro soldados da Otan morreram nas explosões de minas de fabricação caseira, no sul do país, e um quinto morreu num ataque rebelde no leste

Com estes já são 561 os soldados estrangeiros mortos desde o início do ano, segundo um balanço da AFP baseado no site independente icasualties.org.

Em nove meses, 2010 já é o mês mais mortífero para as forças internacionais desde a queda do regime talibã no final de 2001.