American Express é processada por autoridades antitruste dos EUA

As autoridades americanas entraram com uma ação legal contra a gigante de cartões de crédito, American Express por supostamente aplicar restrições anticompetitivas no mercado, informou a companhia nesta segunda-feira.

"O processo do governo alega que os termos dos contratos da American Express, que protegem os consumidores de discriminação e perturbações no ponto de venda, violam as leis antitruste americanas", informa a empresa em um comunicado.

A American Express anunciou que irá recorrer das acusações.

"Nós não temos intenção de encerrar o caso", disse o chefe executivo da empresa, Kenneth Chenault.

"O processo antitruste impetrado hoje contra a empresa é um importante recuo em relação aos recentes esforços do Departamento de Justiça de promover a competição na indústria de pagamentos", afirmou o comunicado.