Obama afirma que energia limpa fortalece a economia

 

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, aproveitou seu programa semanal de rádio para promover a política de energia limpa de seu governo que, segundo ele, fortalece a economia americana.

Nas palavras de Obama, a promoção que a administração democrata faz da tecnologia limpa criará "milhares de empregos nos Estados Unidos até 2012". 

As ações incluem contratos para a instalação de janelas que economizam energia, motores elétricos para os veículos, assim como o uso da energia eólica e de painéis solares.

No entanto, Obama recordou que os líderes republicanos estão prometendo barrar todas as iniciativas para projetos de energia limpa, incluindo os que estão em andamento, "sem levar em consideração os empregos e o potencial dos mesmos".

O presidente pediu ao povo que não volte atrás para as "fracassadas políticas de energia que beneficiaram as empresas de petróleo e fragilizaram o país".

Analistas acreditam que os democratas serão derrotados nas eleições parlamentares de meio mandato, no dia 2 de novembro, que os republicanos conseguiram transformar em um referendo sobre a economia americana e as políticas para o emprego.

Os republicanos frequentemente chamam a política de energia limpa de Obama de "assassina de empregos" e apóiam a extração de petróleo no Mar e no Ártico, assim como as usinas nucleares e a tecnologia de carvão líquido.