Justiça francesa adia julgamento de Jacques Chirac para março de 2011

     PARIS - A justiça francesa adiou até março de 2011 o julgamento contra o ex-presidente Jacques Chirac (1995-2007) em um caso de supostos empregos fictícios quando era prefeito de Paris. O julgamento, inicialmente previsto para novembro, será realizado de 7 de março a 8 de abril de 2011, para poder, eventualmente, unir a instrução a outra similar que está em curso no tribunal de Nanterre, subúrbio de Paris, indicou o Tribunal Correcional de Paris.

Na primeira instrução, Chirac é acusado de "malversação de fundos" e "abuso de confiança" num caso de 21 empregos fictícios.

Em Nanterre está sendo instruída outra causa de sete supostos empregos em benefício de seu partido, o RPR, antecessor da União para um Movimento Popular (UMP, direita), também quando era prefeito da Cidade-Luz.

Chirac se tornou em 30 de outubro de 2009 o primeiro ex-chefe de Estado francês a prestar contas à justiça.