Jimmy Carter deixa hospital onde foi internado com infecção viral

O ex-presidente americano, Jimmy Carter, de 85 anos, saiu esta quinta-feira do hospital de Cleveland (Ohio, norte dos Estados Unidos), onde deu entrada dois dias antes com dores de estômago provocadas por uma doença viral, informou uma fonte hospitalar.

O ex-presidente democrata (1977-1981) saiu às 13h15 locais (14h15 de Brasília) e deve retomar suas atividades em breve, entre elas uma viagem a Washington prevista há tempos e vinculado ao trabalho em sua fundação, o Centro Carter.

Jimmy Carter "agradeceu à equipe médica (...) pela atenção recebida e a qualidade dos cuidados que recebeu durante sua estadia", informou uma porta-voz do hospital, Eileen Korey.

O ex-presidente, que fará 96 anos em 1º de outubro, teve que ser hospitalizado na terça-feira devido a um mal-estar estomacal que sofreu durante viagem de avião a Cleveland, aonde se dirigia para promover seu último livro.

Trinta anos depois de deixar a Casa Branca, Carter mantém uma agenda carregada, especialmente nos últimos dias, com a promoção de seu vigésimo sexto livro, "White House Diary" (Diário da Casa Branca, numa tradução livre), que volta a contar a história da presidência a partir de suas anotações da época.