EUA anunciam sanções contra oito dirigentes iranianos por violações dos Direitos Humanos

Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira sanções contra oito dirigentes iranianos acusados de "graves" violações dos Direitos Humanos, entre elas o congelamento dos bens que eventualmente possam ter nos Estados Unidos.

O presidente americano Barack Obama "assinou hoje um decreto presidencial impondo sanções a dirigentes iranianos que tenham comprovadamente incorrido em graves violações dos Direitos Humanos que envolveram o Estado iraniano", indica o Tesouro em um comunicado.

Entre as pessoas afetadas pelas sanções estão Mohammad Ali Jafari, chefe da Guarda Revolucionária, e Said Mortazevi, ex-procurador-geral de Teerã, suspenso em meados de agosto depois de ter sido acusado da morte de três opositores em uma prisão em julho de 2009.