Colonos israelenses reiniciam construções na Cisjordânia

      JERUSALÉM - As construções de casas foram retomadas nesta segunda-feira em várias colônias israelenses na Cisjordânia ocupada, mas em proporções modestas, poucas horas depois do fim da moratória de 10 meses imposta pelo governo, informou a rádio pública de Israel.

Na colônia de Adam, tratores aplanavam o terreno para a construção de 30 residências. Em Kiryat Arba, perto da cidade de Hebron, sul do território, e em outros oito assentamentos as obras devem ser retomadas ainda nesta segunda-feira.

O fim da moratória autoriza qualquer pessoa ou instituição que dispõe de uma permissão de construção em uma colônia a iniciar as obras. O governo deixou sem efeito uma série restrições relacionadas com as permissões de construção impostas aos municípios das colônias.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, não prolongou a suspensão da colonização, apesar das pressões internacionais e da ameaça da Autoridade Palestina de suspender as negociações diretas de paz.