Nave Soyuz pousa no Cazaquistão com 3 astronautas

MOSCOU, Rússia, 25 Set 2010 (AFP) -Uma nave espacial Soyuz, com três astronautas a bordo, aterrissou sem problemas, este sábado, no Cazaquistão, após a solução dos problemas que atrasaram em 24 horas seu desacoplamento da Estação Espacial Internacional (ISS), segundo o Centro de Controle de Voos Espaciais russo (Tsoup), nos arredores de Moscou.

A cápsula, trazendo a astronauta americana Tracy Caldwell-Dyson e os cosmonautas russos Alexandre Skvortsov e Mikhail Kornienko, pousou às 05H23 GMT (02h23 de Brasília) nas estepes cazaques, na Ásia Central, onde a Rússia mantém o cosmódromo de Baikonur.

"A aterrissagem aconteceu sem incidentes. A tripulação está em forma", afirmou um porta-voz do Tsoup. Os três passaram seis meses em missão espacial.

As primeiras imagens da TV russa mostravam os três tripulantes que permaneceram a bordo da ISS, cumprimentando-se pela aterrissagem bem sucedida de seus companheiros.

"Foi fantástico até o último momento, até a aterrissagem. Sinto-me em plena forma", disse o chefe da missão, Alexandre Skvortsov, primeiro a deixar a nave, sorridente, envolto em uma manta térmica azul, segundo as imagens exibidas pela TV. Ele deu uma mordida em uma maçã, primeiro alimento tradicionalmente dado aos astronautas que acabam de aterrissar.

"Temos que mudar esta tradição, tenho vontade de comer pepino! Há seis meses não como pepino!", brincou Mikhail Kornienko diante das câmeras de televisão.

As imagens mostraram, ainda, a astronauta da Nasa Tracy Caldwell-Dyson falando com familiares e amigos por telefone via satélite após o pouso.

A nave Soyuz não conseguiu desacoplar-se da ISS na sexta-feira, no primeiro incidente do tipo em dez anos de voos à estação orbital, devido a um problema técnico que forçou os encarregados da missão a adiar em 24 horas a operação de desprendimento.