Cápsula que fará resgate dos mineiros é apresentada em San José

 

A cápsula "Phoenix 1", uma das gaiolas que serão utilizadas no resgate dos 33 mineiros, chegou neste sábado à mina de San José.

A cápsula, que mede cerca de 2 m e pesa 250 kg, foi fabricada na cidade de Talcahuano, nos estaleiros do Exército do Chile, e foi pintada de branco, azul e vermelho, as cores da bandeira do Chile.

Espera-se que outras três cápsulas cheguem ao acampamento nos próximos dias.

O ministro de Mineração, Laurence Golborne, e o ministro da Saúde, Jaime Mañalich, inspecionaram a cápsula e entraram nela para fazer um teste. Os parentes dos mineiros também entraram na cápsula.

Cronologia 

O resgate dos 33 mineiros, que estão presos desde um desabamento ocorrido em 05 de agosto, deve acontecer no começo de novembro. O principal acesso ao túnel da mina de cobre e ouro desabou há mais de 50 dias, soterrando os trabalhadores. Os mineiros estão presos a mais de 700 m de profundidade e ficaram 18 dias sem estabeler contato.

Os esforços para resgatá-los começaram em 30 de agosto. Os engenheiros estimam que serão necessários entre 20 e 30 minutos para levar cada um dos 33 mineiros pelos quase 700 m que separam o abrigo onde eles estão e a superfície.