Morre Guenadi Yanayev, líder do golpe contra Gorbachov em 1991

     MOSCOU - O ex-dirigente soviético Guenadi Yanayev, que liderou o golpe de estado contra o então presidente da URSS Mikhail Gorbachov, em 1991, morreu em Moscou aos 73 anos, vítima de uma grave doença, anunciou nesta sexta-feira Ruslan Jazbulatov, ex-presidente do parlamento russo, à rádio Eco de Moscou.



Vice-presidente soviético de 1990 a 1991, Yanayev coordenou o golpe fracassado contra Gorbachov no dia 19 de agosto de 1991, chegando a dirigir a União Soviética durante três dias. Yanayev foi preso após a derrubada dos golpistas, mas uma anistia garantiu-lhe a liberdade em 1994.



"Ele não era um conspirador ativo, mas isso não reduz seu erro. Hoje, lamento sua morte e expresso meus pêsames a sua família", declarou Jazbulatov, antigo adversário político. Segundo a imprensa russa, Yanayev lutava contra um câncer de pulmão.



O chefe do Partido Comunista russo, Guenadi Ziuganov, fez uma homenagem a Yanayev, afirmando que sua vida foi "interessante, digna e complicada". "Ele compreendeu melhor que os demais dirigentes para onde Gorbachov e seu bando levavam o país", estimou, citado pela agência Interfax.