Secretário de Defesa dos EUA diz que não revisará estratégia no Afeganistão

O secretário de Defesa americano, Robert Gates, afirmou nesta quinta-feira que a estratégia americana no Afeganistão deverá permanecer sem alterações significativas até dezembro, depois que as autoridades fizeram uma avaliação da situação.
"Segundo as conversas que tive, não tenho a sensação de que serão tomadas decisões ou mudanças", disse Gates em coletiva de imprensa.
Há pelo menos um ano, a opinião pública dos quarenta países que fazem parte da coalizão internacional presente no Afeganistão, com Estados Unidos na liderança, tornou-se majoritariamente hostil ao envio de seus soldados para um cenário que parece cada vez mais sangrento.
O ano de 2010 já é o mais letal para os americanos e seus aliados no Afeganistão, dos nove que já dura o conflito nesse país.