Clinton pede que Japão e China dialoguem para resolver disputa marítima

 

     NOVA YORK - A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, fez um apelo à China e ao Japão para que iniciem um diálogo com o objetivo de solucionar a crise provocada por uma disputa marítima, depois de se reunir com seu colega japonês, Seiji Maehara, paralelamente à Assembleia Geral da ONU em Nova York.

 

A chefe da diplomacia americana "estimulou o diálogo" e expressou sua esperança de que "a questão possa ser resolvida logo", indicou Philip Crowley, porta-voz do departamento de Estado.

 

No entanto, destacou que Washington não está mediando a disputa entre Pequim e Tóquio.