Ahmadinejad não descarta libertação de dois turistas americanos

O presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad mencionou nesta quarta-feira em uma entrevista concedida à rede CNN a possibilidade de libertação dos dois turistas americanos que permanecem detidos em Teerã, indicando que seu destino está nas mãos de um juiz.

O líder iraniano afirmou que a libertação na semana passada de Sarah Shourd foi um gesto de "clemência, de compaixão, um gesto humanitário".

"Em relação aos outros, sim, há uma possibilidade. Mas o juiz deve se ocupar de seu caso", acrescentou.

O Irã libertou na semana passada Sarah Shourd, de 32 anos, presa junto com seu noivo Shane Bauer e de um amigo, Josh Fattal, no dia 31 de julho de 2009 depois de terem cruzado a fronteira com o Iraque.

Josh Fattal e Shane Bauer ainda são mantidos detidos em Teerã.