UE nomeia primeiros embaixadores de novo serviço diplomático

Agência AFP

BRUXELAS - A UE anunciou nesta quarta-feira as primeiras nomeações para seu novo serviço de ação exterior, na qual um alemão ocupará a disputada embaixada de Pequim e um espanhol será mandado para a Argentina.

Um alto diplomata alemão, Markus Ederer, será o embaixador da União Europeia (UE) na China, enquanto o austríaco Hans Dietmar Schweisgut foi nomeado para ocupar o posto de Tóquio, indicou a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton.

O espanhol Alfonso Díez, por sua vez, ocupará a representação diplomática de Buenos Aires.

Ainda é preciso definir diplomatas para comandar embaixadas-chave como Estados Unidos, Brasil, Genebra e Iraque.

Ashton trabalha há meses na montagem do novo corpo diplomático da UE, que terá como meta principal ser mais eficaz e unificar a voz da Europa no mundo, através de 150 delegações no exterior.

A nova equipe será ativada no dia 1º de dezembro, um ano depois da entrada em vigor do Tratado de Lisboa.