PF pede quebra de sigilo de motorista pego com panfletos no Sul

Fabrício Escandiuzzi, Portal Terra

FLORIANÓPOLIS - A Polícia Federal pediu a quebra do sigilo telefônico do motorista da prefeitura de Florianópolis preso na última segunda-feira (13), na BR 101, com propaganda eleitoral dentro do veículo oficial.

Alcebíades Pires, motorista do prefeito Dário Berger (PMDB), conseguiu relaxamento de prisão e foi liberado na noite desta terça-feira. A PF apura a possibilidade de crime eleitoral e quer a quebra do sigilo de dois telefones celulares que estavam dentro do carro da prefeitura.

No porta-malas do veículo - um Vectra usado pelo próprio prefeito da capital - foram encontrados R$ 1,8 mil em notas de R$ 20, além de propaganda eleitoral dos candidatos ao Senado, Luiz Henrique da Silveira e da ex-esposa de Dário, Rose Berger, que tenta uma vaga na Assembléia Legislativa. Os dois candidatos são do PMDB.

O promotor eleitoral de Biguaçu acompanha as investigações da PF e destacou que Berger, o ex-governador Luiz Henrique, a candidata Rose e representantes da coligação PMDB, DEM e PSDB deverão ser ouvidos nos próximos dias.