Atriz, Eva Longoria denuncia trabalho infantil em fazendas americanas

Agência AFP

WASHINGTON - A atriz americana Eva Longoria Parker pediu nesta quarta-feira que sejam adotadas medidas urgentes contra o trabalho infantil nas fazendas dos Estados Unidos, durante a apresentação de um documento que avalia em 400.000 a quantidade de menores envolvidos em tarefas no campo.

"Cada vez que comemos um alface, uma verdura, temos que ter em mente que podem ter sido colhidos por uma criança", disse Longoria Parker, que cresceu em uma fazenda no Texas (sul do país).

"As crianças que abastecem o país com o maior consumo do mundo dormem com o estômago vazio", denunciou a estrela da série Desperate Housewives na apresentação de "The Harvest" ("a colheita"), um documento segundo o qual cerca de um quarto das frutas e verduras consumidas dos Estados Unidos são colhidas por 400.000 crianças imigrantes, na maioria de origem latina.

Em alguns casos, as crianças trabalham até 14 horas por dia, oito meses por ano, em condições que dificultam seu acesso à educação, segundo o documento.