Kirchner é internado e passa por angioplastia em Buenos Aires

Portal Terra

DA REDAÇ O - O ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner foi internado na noite deste sábado na clínica Los Arcos, em Buenos Aires. Kirchner foi submetido com sucesso a "uma angioplastia, com a colocação de um stent em um artéria coronária obstruída", disse um médico, citado pelo jornal argentino Clarín.

Kirchner está acompanhado por sua esposa, a atual presidente, Cristina Fernández. Os porta-vozes disseram que o ex-presidente se sentiu mal e foi levado para fazer uma revisão médica e acabou sendo internado.

De acordo com o boletim médico, o ex-presidente recebeu "uma revisão médica programada, foi realizada nele uma arteriografia coronária que derivou em uma angioplastia, com a colocação de um stent em uma das artérias coronárias que estava obstruída. A operação foi bem-sucedida e o paciente permanece internado para sua recuperação".

"Está tudo bem, já falou com seus familiares e dirigentes", declarou aos jornalistas Juan Cabandie, legislador governista próximo aos Kirchner.

O caso é similar à uma afecção que Kirchner sofreu em fevereiro, quando permaneceu uma semana na mesma clínica por causa de uma obstrução em sua artéria carótida direita.

Nas próximas horas haverá informação mais completa sobre o estado de saúde de Kirchner, que nos últimos dias tinha redobrado suas atividades como líder do Partido Justicialista (peronista).

Néstor Kirchner, de 60 anos, governou a Argentina entre 2003 e 2007 e ocupa uma cadeira de deputado desde dezembro do ano passado.

Desde maio, é secretário-geral da União Sul-Americana de Nações (Unasul), cargo pelo qual interveio nas negociações para superar a ruptura de relações diplomáticas entre Colômbia e Venezuela por causa de denúncias do Governo de Bogotá sobre atividades da guerrilha colombiana em território venezuelano.