Irã anuncia reformulação das Forças Armadas

Agência Brasil

TEER - O governo do Irã anunciou nesta segunda-feira a reformulação completa das Forças Armadas do país, principalmente do Exército. O plano foi aprovado pelo Estado-Maior e será submetido à avaliação do líder da Revolução Islâmica, aitolá Seyyed Ali Khamenei. Segundo as autoridades, a reformulação é uma resposta às ameaças causadas depois dos atentados de 11 de Setembro, nos Estados Unidos.

Não foram informados detalhes sobre o plano de reformulação militar em discussão no Irã. As forças do Exército iraniano em terra serão reestruturadas para combater as novas ameaças globais, após o incidente de 11 de Setembro, disse um comandante iraniano , segundo a rede estatal de televisão do Irã, a PressTV.

O comandante em terra do Exército do Irã, general Ahmad Reza-Pourdastan, afirmou que depois do atentado de 11 de Setembro mudou o pensamento mundial em relação a guerras e conflitos. De acordo com ele, pela nova estrutura bélica em vigência, países desenvolvidos e não desenvolvidos se enfrentam de igual para igual. Segundo o militar, isso não ocorria antes.

De acordo com Pourdastan, o objetivo do plano de reestruturação no setor militar do Irã é atualizar os mecanismos de defesa nacional . Sem detalhar o plano, ele disse que a ideia é que a nova estrutura em discussão dê condições às Forças Armadas do Irã de enfrentar eventuais ameaças. Também não informou quais são essas ameaças.