Corte dos EUA suspende proibição de pesquisas com células-tronco

Agência AFP

WASHINGTON - A corte federal de apelações de Washington suspendeu, esta quinta-feira, a proibição das pesquisas públicas com células-tronco embrionárias, proferida no fim de agosto, para dar mais tempo ao juiz para considerar o caso.

Menos de 24 horas depois de receber o pedido do governo do presidente Barack Obama, o tribunal de apelações de Washington "ordenou suspender a decisão (de primeira instância), à espera de uma decisão final da corte".

"O objetivo desta suspensão administrativa é dar à corte tempo suficiente para examinar o expediente em profundidade, mas não representa em absoluto uma decisão sobre o fundo", esclareceu o tribunal, em comunicado.