Comando armado mata mais um prefeito no México

Agência AFP

CIDADE DO MÉXICO - Um comando armado atacou nesta quarta-feira a prefeitura da cidade de El Naranjo, no estado mexicano de San Luis Potosí, matando o prefeito local, no sexto crime deste tipo cometido no país desde o início do ano, informou a procuradoria.

"Por volta das 13h local assassinaram Alexander López, prefeito do município de El Naranjo. Foi um comando armado que agiu dentro da presidência municipal" (prefeitura), disse à AFP um membro do PRI (Partido Revolucionário Institucional).

Segundo a Procuradoria do estado de San Luis Potosí, "quatro homens encapuzados chegaram em uma caminhonete e dois subiram no prédio (...) até o gabinete do prefeito, onde dispararam contra ele".

O crime pode estar ligado à recente prisão de 19 policiais municipais de El Naranjo, acusados de participar "de crimes como sequestro relâmpago e extorsão".

El Naranjo, cidade de 20 mil habitantes, está situada próxima ao estado de Tamaulipas, onde 72 imigrantes ilegais foram executados há duas semanas por integrantes de um cartel do narcotráfico.

O último prefeito assassinado antes de López foi precisamente o titular de Hidalgo, em Tamaulipas, no final de agosto.

No massacre de Tamaulipas morreram 72 imigrantes de Brasil, El Salvador, Honduras, Guatemala e Equador, todos sequestrados quando tentavam chegar aos Estados Unidos. O rancho onde ocorreu a matança fica a 180 km da fronteira.